Júlio Delgado inicia série de lives para conversar com os eleitores

O deputado federal Júlio Delgado (PSB/MG) iniciou, na última quinta-feira (30.04), uma série de “conversas” virtuais que pretende tornar frequentes, chamado de “Papo de 5ª”. A proposta segue o ritmo das lives que têm ocorrido nesse período de isolamento social, através do perfil do político mineiro no Instagram (@depjuliodelgado).

O encontro virtual tem o objetivo de aproximar o parlamentar dos eleitores, mostrando as ações e posturas do mandato acerca de questões econômicas, políticas e a própria crise sanitária que assola o País e o mundo. É mais uma oportunidade para esclarecer propostas, temas específicos e tirar dúvidas, já que ocorre pela interação direta com os participantes.

Na primeira transmissão, realizada quinta-feira (30.04), Júlio conversou com os eleitores por cerca de 50 minutos e fez um balanço das atividades promovidas, nas últimas semanas, na Câmara Federal. Um dos destaques foi o formato das sessões legislativas, agora virtuais, que ocorrem diariamente.

Dentre os projetos de relevância com maior repercussão, apontados pelo deputado, estiveram a proteção à atuação dos assistentes sociais, a suspenção temporária da cobrança das parcelas do Financiamento Estudantil (Fies), e a articulação pelo impeachment de Bolsonaro, apresentada em requerimento da bancada do PSB.

De autoria de Júlio Delgado, também foi aprovada na semana a emenda que exige a disponibilização de EPIs, como máscaras e luvas, aos profissionais de limpeza urbana. A lei, que já seguiu para votação do Senado, soma-se a outras iniciativas que exigem mais proteção para policiais, guardas municipais e bombeiros.

Projetos e emendas para a Saúde

Em primeira mão, Júlio divulgou que esteve durante a semana em Brasília para assinar a liberação de recursos de emenda parlamentar para a Saúde em Minas Gerais. A ideia é que a verba seja utilizada tanto na atenção básica como também nas atenções de média e alta complexidades, para combate ao Covid-19, como a compra de respiradores e EPIs.

Nesta primeira etapa, foram disponibilizados R$ 2,6 milhões para os municípios de Juiz de Fora, Belo Horizonte, Montes Claros, Ouro Preto, Visconde do Rio Branco, Santos Dumont, São João Nepomuceno, São Sebastião do Paraíso, Teófilo Otoni, Bicas, Chiador, Monte Sião, Recreio, São Domingo das Dores e Santa Bárbara do Monte Verde.

Falta de leitos hospitalares

As consequências da pandemia do novo coronavírus também pautaram as discussões. Isso porque os moradores de Juiz de Fora estão preocupados com a chegada de pacientes dos municípios vizinhos, do Estado do Rio de Janeiro.

Júlio defendeu que o atendimento não pode ser negado, embora seja preciso definir regras para que a cidade não entre em colapso. “Não cabe aos prefeitos implantar barreiras sanitárias. Juiz de Fora, assim como ocorre em outros municípios mineiros, é um polo regional de saúde. O que não quer dizer que os pacientes do entorno, diagnosticados com a Covid-19, devem seguir para lá”, respondeu a um participante da live.

O deputado lembrou que “o Exército já havia notificado os municípios fluminenses sobre a necessidade de preparar hospitais de campanha, pois o risco de surto nas cidades era grande. O que não foi providenciado a contento”. Ele finalizou indicando que as soluções devem ser dadas pelo Ministério da Saúde.

A partir da denúncia dos participantes, no dia seguinte, o gabinete preparou um ofício ao Ministério da Saúde com o pedido de reforço aos municípios que estejam nesta situação, de forma a garantir leitos e equipamentos.

Eleições 2020

O parlamentar reiterou a importância do adiamento das Eleições 2020. Segundo Delgado, em conversas com médicos e especialista de todo o País, está claro que o pico epidêmico não ocorrerá simultaneamente em todo o território nacional. E esta situação impede que as eleições ocorram em todos os municípios brasileiros.

 

VEM POR AÍ: A próxima edição do Papo de 5ª ocorrerá na próxima quinta-feira (07.05), às 18h, no perfil do Instagram.

PARTICIPAÇÃO: Perguntas e dúvidas devem ser enviadas com antecedência para o e-mail as redes sociais do mandato no Facebook e Instagram.

ASSISTA: O último Papo de 5ª (30.04) já está disponível no Youtube.