Extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados

Para salvar as contas públicas momentaneamente e agradar a uma base questionável, o presidente Temer continua a vender nossas riquezas e o nosso patrimônio. A ação mais recente foi a extinção da Reserva Nacional de Cobre e Associados, entre os estados do Pará e Amapá, cuja área é quase o tamanho do Espírito Santo. A ideia agora é permitir a exploração, por meio de concessões, de minérios valiosos e em grande quantidade na área, como ferro, manganês e até ouro. Volto a dizer: é este o caminho para tirar o país do buraco?

 

Saiba mais aqui.